BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Anticoncepcional – Mitos e verdades sobre a pílula

A pílula anticoncepcional causou uma verdadeira revolução na sociedade, com a maior independência da mulher que conseguiu o poder de decidir quando ter ou não filhos. Mesmo com altos índices de aceitação por parte do organismo feminino, com a praticidade e raros sinais de falhas, a pílula ainda é envolvida em uma série de mitos e inverdades.

Como funciona o anticoncepcional oral

Os anticoncepcionais agem para evitar a ovulação (liberação de óvulo pelos ovários), que ocorre geralmente no 14º dia do ciclo menstrual. A pílula deve ser tomada pela mulher uma vez ao dia, parando apenas para que o fluxo de sangue seja liberado, a cada 28 dias. Conheça mais informações sobre esse método contraceptivo e descubra as verdades e as inverdades sobre o anticoncepcional.

anticocepcional

A acne e a pílula anticoncepcional

Quando a mulher para de tomar a pílula é comum que surjam na pele alguns pontos de acne. Isso porque, os hormônios masculinizantes têm sido provocados na etiologia da acne vulgar, provavelmente por intensificar a hiperceratose folicular.

Remédios anulam o efeito do anticoncepcional

Outra verdade é a de que alguns medicamentos como alguns tipos de antibióticos usados para o tratamento de infecções urinárias podem reduzir a potencialidade do anticoncepcional oral.

Pílula e câncer de mama e útero

Dizem que quem toma pílula anticoncepcional cerazette tem mais chances de ter câncer de mama ou útero, mas a chance de adquirir essas doenças é quase a mesma para todas as mulheres.  Na verdade, a pílula tem um poder de proteção nos tumores malignos do endométrio e do ovário. No entanto, quando se faz uso de contraceptivos orais o aparecimento de miomas uterinos ou tumores benignos no período de pré-menopausa pode ser mais evidente quando há associação com outros fatores.

Pílula engorda ou não engorda?

Isso é mito! Já há pesquisas que mostraram que não houve variação de peso das mulheres que faziam uso de contraceptivos orais durante 4 meses. A beleza da mulher é um ponto muito importante, há outro mito que indica que a pílula faz mal para o cabelo, mas não há nenhuma comprovação disso.


Pílulas e varizes

Os anticoncepcionais têm muitos efeitos relacionados ao sistema cardiovascular. Por isso, não se descarta a possibilidade de que a aparição de varizes esteja ligada ao uso da pílula. No entanto, as pesquisas atuais não mostram essa evidência.

A pílula é uma grande aliada das mulheres modernas. Seu uso, com acompanhamento médico, pode trazer planejamento para a família e mais conforto para a vida feminina. Aparecendo alguma anormalidade, procure um médico.

Recomendados para você:

Sobre Jessyka

Jéssyka Saquetto é Redatora Web, estudante de jornalismo e uma aficcionada pela escrita. Além do Corpo & Estética ela vive agindo e produzindo por aí em vários outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *