BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Arritmia Cardíaca pode matar?

A arritmia cardíaca é um problema sério que deve ser tratado o mais rápido possível para evitar complicações. É essencial estar a par de suas causas e sintomas para poder evita-la ou buscar tratamento rapidamente. A seguir, veja o que é arritmia cardíaca e descubra se ela pode matar.

Arritmia Cardíaca o que é?

A arritmia cardíaca trata-se de qualquer alteração no ritmo cardíaco normal. Ou seja, caso sua frequência cardíaca esteja maior do que o normal, já é uma arritmia. Esse tipo de condição acaba ocorrendo quando os impulsos elétricos do coração não funcionam corretamente, o que pode provocar tanto batimentos rápidos quanto lentos ou irregulares.

Arritmia Cardíaca
Arritmia Cardíaca. Imagem:divulgação

Geralmente as arritmias cardíacas não apresentam sintomas e são consideradas benignas. No entanto, há casos graves que podem causar alguns sintomas e que devem ser tratados.

Arritmia Cardíaca pode matar?

Algumas arritmias são consideradas malignas e, se não forem tratadas, podem causar paradas cardíacas. A arritmia cardíaca é considerada maligna e perigosa para saúde, quando o músculo cardíaco está com alguma doença ou ainda quando há alteração no funcionamento elétrico do seu coração.

Quando isso acontece, há grandes chances do ritmo ficar irregular por mais tempo e isso acaba aumentando as chances de uma parada cardíaca.

Arritmia Cardíaca causas

A arritmia é causada, na grande maioria dos casos, por uma alteração no funcionamento elétrico do coração e isso, por sua vez, pode ser causado por problemas cardíacos como insuficiência cardíaca, infarto, artérias bloqueadas no coração e alterações na estrutura do coração.

Arritmia Cardíaca
Arritmia Cardíaca. Imagem:divulgação

Há ainda outros problemas que também podem causar a arritmia, como a pressão alta, diabetes, síndrome do pânico, ansiedade, abuso do consumo de álcool ou até mesmo de cafeína, cigarro, estresse e até mesmo a genética.

Arritmia Cardíaca sintomas

Como dissemos anteriormente, na maioria dos casos a arritmia não apresenta sintomas. Ela só apresentará sintomas quando for considerada maligna. Nesses casos, os principais sintomas que surgem são os seguintes: fadiga, palpitação, tontura, visão turva, desmaio, palidez, falta de ar, sudorese, dor no peito e, é claro, batimentos rápidos ou lentos demais.


Arritmia Cardíaca tratamento

Felizmente a arritmia cardíaca possui cura e o tratamento só é realizado nos casos mais graves. O tratamento de arritmia cardíaca pode envolver o uso de medicamentos, alguns procedimentos médicos ou alguma cirurgia.

Arritmia Cardíaca
Arritmia Cardíaca. Imagem:divulgação

Os medicamentos indicados geralmente são chamados de antiarrítmicos e sua principal função é controlar os batimentos cardíacos. Você nunca deve se medicar sozinho. Os procedimentos médicos que podem ser adotados são os seguintes: cardioversão elétrica e ablação por cateter.

Arritmia Cardíaca benigna

A arritmia cardíaca benigna é a mais comum e normal, aquela que não apresenta nenhum tipo de risco para a saúde. Geralmente acontece quando ingerimos alguma bebida que acelera nossos batimentos ou passamos por uma aventura.

Arritmia Cardíaca atrial

Já a arritmia cardíaca atrial, também chamada de fibrilação atrial, é um dos tipos mais graves do problema. Esse tipo de arritmia aumenta as chances da formação de coágulos sanguíneos e esses podem acabar causando acidente vascular cerebral, o famoso AVC.

Recomendados para você:

Sobre Analice Gomes

Analice Gomes é redatora, pesquisadora, blogueira e estudante de moda. Adora ler e viajar e vive compartilhando dicas e toques legais com vocês aqui no Corpo & Estética

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *