BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Óleo de prímula: emagrece mesmo? Conheça!

Tantos óleos que prometem emagrecer, mas às vezes é pura furada. Hoje faremos o teste de mais um, será que o óleo de prímula emagrece mesmo? Conheça agora

Óleo de coco, de cártamo, de gergelim, de linhaça, de amêndoa… se eu fosse ficar listando os tipos de óleos que existem a matéria toda seria sobre isso. Justamente por existir uma grande variedade, os riscos de estar consumindo gato por lebre são enormes. É muito comum a venda de “óleos milagrosos” que prometem emagrecer, hidratar a pele, mas na verdade não fazem nada disso. Hoje iremos falar sobre o óleo de prímula e descobrir se ele tem propriedades que garantem o emagrecimento. Você também tem essa dúvida? Então siga em frente e descubra.

 

O que é óleo de prímula?

oleo primula emagrece

O óleo de prímula é o óleo retirado das sementes da planta Onagraceae, mas popularmente chamada de prímula. Você provavelmente não verá essa planta no Brasil porque o clima ideal para o seu cultivo é o da América do Norte. Depois de muitas pesquisas foi descoberto as propriedades contidas no óleo extraído das mentes, como ácidos graxos, ômega 6 e gorduras boas. E as descobertas não param por aí, o óleo de prímula tem centenas de outros benefícios, inclusive o de emagrecimento. Veja agora.

 

Benefícios do óleo de prímula

Perda de peso: O óleo de prímula é bom para emagrecer sim, porque ele é ótimo para um ótimo funcionamento do organismo em si. Ele além de reduzir os índices de gordura é eficaz para acelerar o metabolismo e controlar os níveis glicêmicos.

Menopausa: mulheres quando deixam de menstruar entram no período de menopausa, onde os sintomas podem ser incômodos e dolorosos. E o óleo de prímula é ideal para aliviar os sintomas, como as altas ondas de colar e evitar a perda de cálcio pela urina.

TPM: Quase todas as mulheres antes da dos dias sangrentos sofrem com a alteração de hormônios e a oscilação de humor. O óleo também recomendando para a regulação desses altos e baixos e alivio das cólicos e demais complicações decorrentes.

Pele: hidrata a pele, produz elasticidade junto com firmeza, evitando rachaduras. Além disso protege contra os raios ultravioletas.

Como consumir o óleo de prímula?

As capsulas devem ser ingeridas após a principal refeição do dia, pois ela precisa de alimentos para auxiliar na absorção de todos os nutrientes. Pode consumir até 3 cápsulas por dia.

O óleo de prímula é encontrado em qualquer loja de produtos naturais ou na internet, o valor é super em conta e os resultados são obtidos rapidamente. O bom dos produtos naturais é que raramente oferecem efeitos colaterais, ou seja, só trazem benefícios. Então não perca tempo em introduzi-los na sua dieta e da sua família. Já falamos aqui também sobre óleo de linhaça que pode ajudar bastante também, sugiro a leitura do artigo.


Gostou da matéria? Você já conhecia o óleo de prímula? Conte pra gente sua experiência ou deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários. Espero vocês aqui de novo, até a próxima.

Recomendados para você:

Sobre Jessyka

Jéssyka Saquetto é Redatora Web, estudante de jornalismo e uma aficcionada pela escrita. Além do Corpo & Estética ela vive agindo e produzindo por aí em vários outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *