BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Radiofrequência: aprenda aqui como funciona esse tratamento estético

O mundo da estética traz mais essa inovação: A Radiofrequência. Vamos falar hoje sobre esse novo tratamento estético e seus benefícios. 

A corrida contra o tempo não pode parar, e quem nos garante isso são os especialistas em produtos estéticos – aqueles que nos ajudam a eliminar pontos desagradáveis no corpo. As tecnologias estão surgindo e são cada vez mais impressionantes, e tudo é voltado sempre para nos sentirmos melhor com nossa aparência. Hoje podemos retardar os sinais de envelhecimento, podemos reduzir aquela estria, acabar com a flacidez, sumir com as rugas… sem falar nas outras diversas possibilidades. E hoje para vocês, tanto homens quanto mulheres, vamos apresentar a nova tendência do mundo estético: A radiofrequência. Nunca ouviu falar? Está interessado(a)? Então vamos seguir e conhecer tudo o que esse novo método promete.

O que é Radiofrequência?

radiofrequencia
Aprenda tudo sobre a radiofrequencia aqui!

Parece até que estamos falando das ondas de rádios, mas não tem nada a ver mesmo, o aparelho de Radiofrequência é um equipamento de última geração para o tratamento estético, onde sua finalidade é aumentar a temperatura do tecido profundo corporal a fim de proporcionar uma sequência de reações fisiológicas. O aquecimento do tecido incita a circulação sanguínea, oxigenação e a formação de colágeno (o causa firmeza na pele).

Mas como funciona a Radiofrequência?

Sem cortes, sem agulhas e sem marcas. Isso é ou não é evolução? A Radiofrequência tem atuação em diversas partes do corpo, falaremos como age em cada uma e seus benefícios.

No rosto:

A concentração de calor aplicada no rosto pela radiofrequência proporciona a diminuição das linhas de expressão, rugas, flacidez e melhora o contorno da face, a conhecida “papada”. É indicado entre 6 a 10 sessões com intervalões em média de uma semana entre sessões.

No Abdômen:

Ela é muitíssimo indicada principalmente para quem fez lipoaspiração, porque geralmente depois dessa cirurgia é comum a área ficar flácida. A radiofrequência no abdômen é ideal para minimizar a gordura localizada, tonificar a derme (pele) e melhorar o aspecto do umbigo após a lipoaspiração. De 8 a 15 sessões uma vez por semana.

Nos braços:

Quem nunca ouviu falar no “tchauzinho”? Basta levantar o braço e simular que está dando tchau para alguém, alguma coisa a mais ficou balançando? Pois bem, esse é o seu “tchauzinho” e acredite, incomoda muita gente. Essa gordura mais flácida que se acumula um pouco abaixo da axila pode ser melhorada com a radiofrequência. Ela promete reduzir e eliminar essas ondulações da pele, melhorando seu aspecto é claro. De 8 a 15 sessões uma vez por semana.

Nas costas:

Curiosidade: Você sabe por que chamamos de costas, no plural, sendo que só temos uma? A explicação mais aceita culturalmente é que essa parte do corpo é dividida em duas, e separada pela coluna vertebral. São músculos quase independentes que sustentam cada lado da parte do corpo, daí sendo chamada de costas, também temos como exemplo as nádegas. Enfim, voltando à radiofrequência, ela atua nas costas com o objetivo de eliminar as gorduras localizadas e deixar a cintura mais definida. De 8 a 15 sessões uma vez por semana.


Nas coxas:

Assim como nas demais partes do corpo, a radiofrequência aplicada na coxa atua melhorando a flacidez e reduzindo a gordura localizada. De 8 a 15 sessões uma vez por semana.

No glúteo:

O vulgo “bumbum” também entra na onda da radiofrequência. O aquecimento dessa área ajuda tonificar e melhorar o aspecto da celulite. De 8 a 15 sessões uma vez por semana.

Contra indicações do uso da Radiofrequência:

A radiofrequência é contraindicada em mulheres grávidas, o local a ser aplicado estar com ferida, febre e em pessoas que usam pacemaker (dispositivo eletrônico que ajuda o coração a manter um ritmo regular).

Em geral a radiofrequência não tem efeitos colaterais, no máximo pode causar vermelhidão no local, mas que passa rapidamente. Esse tratamento é seguro e não é preciso se resguardar após as aplicações. Por fim, a estética traz soluções cada vez com menos riscos à saúde e com benefícios tão eficazes quanto os da cirurgia. Lembre-se sempre de procurar um profissional da área e nunca inicie o tratamento com dúvidas, peça sempre orientações de quem irá aplicar ou de quem já fez o uso da radiofrequência.

 

Gostou de conhecer esse novo tratamento? Você já aplicou ou conhece alguém que já fez? Conte para gente os resultados ou deixe sua dúvida nos comentários. Que tal sugerir nosso próximo assunto? Estamos esperando sua opinião. Até a próxima queridos(as)!

Recomendados para você:

Sobre Jessyka

Jéssyka Saquetto é Redatora Web, estudante de jornalismo e uma aficcionada pela escrita. Além do Corpo & Estética ela vive agindo e produzindo por aí em vários outros sites.

8 comentários

  1. MARIA DA SILVA SEVALHO

    Gostaria de saber a duração da rádio frequência, em quanto tempo poderá realizar uma segunda repetição?

  2. Gostaria de saber se 5 sessões de radiofreqüência facial , se tem algum resultado?

  3. Fiz criopolise e logo após uma rádio frequência, senti uma pequena dor no osso. Passando uma semana ainfa sinto um incomodo. É normal ?

  4. No osso da perna, tipo no fina do fêmur no encontro da bacia.

  5. Tenho nódulos benigno na tireoide, posso fazer radio frequência na face e papada

  6. Muito esclarecedor, realmente tinha duvidas sobre isso, mas agora sei que posso fazer sem medo. Obrigado

  7. Estou fazendo radiofrequencia em casa, tenho um aparelho portátil, só que quando faço no outro dia meu rosto amanhece inchado. Quando vou fazer o procedimento passo cicatricure antes de começar, gostaria de saber se o cicatricure é indicado para fazer esse procedimento.

    Desde já agradeço seu contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *