BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Sífilis: sintomas, como evitar e mais!

Entre as doenças sexualmente transmissíveis, conhecidas como DST’s, está a sífilis. Não é muito comentada, mas existe e ainda ataca milhares de pessoas ao redor de nosso país que não tomam as devidas precauções para evita-la. A bactéria, transmitida por meio do contato sexual, fica alojado no organismo e pode ser silenciosa, ou seja, não apresentar sintomas.

Ela pode se manifestar quando quiser, podendo causar grandes consequências. Sendo mais comum em pessoas com a vida sexual mais ativa, também pode atacar pessoas que se relacionaram apenas uma vez com um indivíduo infectado sem proteção. A sífilis em grávidas pode até mesmo contaminar o bebê, por isso é fundamental conhecer seus sintomas e as formas de tratar.

Sífilis: sintomas, como evitar e mais! (Foto: Divulgação)

Entenda o que é sífilis

A sífilis consiste em uma bactéria que é transmitida por meio do contato sexual sem o uso de camisinha. A sífilis possui o estágio primário, secundário e terciário, sendo as duas primeiras fases as mais agressivas. Na terceira fase a bactéria “engana” o paciente, diminuindo os sintomas e o fazendo achar que está curado.

Entretanto, a bactéria irá permanecer em seu organismo se você não trata-a, podendo ficar em silêncio durante um bom tempo e voltando a causar danos.

Sífilis: sintomas, como evitar e mais! (Foto: Divulgação)

Conheça os sintomas da sífilis

Os sintomas da sífilis são bem características e diferentes entre si, variando de uma etapa para outra. No estágio primário, por exemplo, a sífilis pode tende a apresentar algumas feridas nos órgãos genitais. Essas feridas tendem a surgir até 10 dias após o contato íntimo, tendem a sair sozinhas e não deixam cicatrizes. O desaparecimento das feridas ocorre porque a bactéria se torna inativa, mas ainda está em seu organismo. Os sintomas tendem a desaparecer em até 6 semanas.

O paciente tende a passar um tempo sem os sintomas. Caso eles voltem a aparecer, significa que está no estágio secundário. A segunda etapa é mais grave e se caracteriza pelo surgimento de manchas vermelhas pelo corpo, além de erupções em várias partes do corpo, como mãos, pés, boca, entre outras. Essa fase também pode apresentar febre e perda de apetite.

Se a doença não for tratada ela evoluirá para o estágio terciário, onde pode atacar o cérebro, ossos e também o sistema nervoso.

Sífilis: sintomas, como evitar e mais! (Foto: Divulgação)

Sífilis na Gravidez

Também chamada de sífilis congênita, ela apresenta sintomas ainda na gestação, como má formação do feto ou até mesmo aborto. Se o bebê já nasceu os sintomas mais comuns são pneumonia, feridas no corpo, deficiência mental e cegueira.


É fundamental fazer exames durante a gestação e tratar, para que o problema não afete o bebê.

Sífilis: sintomas, como evitar e mais! (Foto: Divulgação)

Tratamento para Sífilis

O tratamento da sífilis consiste na aplicação de injeções que variam de acordo com a fase da doença. No estágio primário o tratamento consiste em uma dose única de Benzetacil. Já no estágio secundário é preciso uma injeção de Benzetacil por semana, durante 2 semanas. No estágio terciário o tratamento consiste em uma injeção de Benzetacil por semana, durante 3 semanas.

Já na gravidez é indicado o consumo de amoxicilina, ampicilina ou eritromicina entre 15 e 30 dias.

Prs quem quer turbinar sua vida sexual, sugerimos ler o artigo sobre o xtrasize que é bem legal.

Recomendados para você:

Sobre bety

Meu nome é Bety, sou Pedagoga tenho duas paixões na vida: ler e escrever. Depois que começo a digitar não consigo mais parar, escrevo de tudo um pouco, informação nunca é de mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *