Abdominoplastia ou Lipoescultura – Qual a Melhor pra Você?

Você se incomoda com aquelas gordurinhas na região do abdômen e está procurando uma maneira de resolvê-las, mas não sabe qual a melhor alternativa para você, entre a lipoescultura e a abdominoplastia?

Nesse texto iremos trazer tudo o que você precisa saber sobre esses dois procedimentos estéticos, você irá conhecer seus principais objetivos, suas particularidades, suas diferenças, além de como cada uma delas é realizada.

Ao final desse texto você terá conhecido um pouco melhor cada um dos procedimentos, e poderá identificar qual faz mais sentido para os seus objetivos. Além disso, também é possível realizar os dois procedimentos ao mesmo tempo, que pode ser uma alternativa, caso seja o que você busca.

Abdominoplastia: qual o objetivo?

O objetivo da abdominoplastia é retirar a pele em excesso e o tecido adiposo que encontra-se sobre um abdômen que se encontra flácido. Ela costuma ser buscada por pessoas que emagreceram muito em um curto período de tempo, o que levou a pele do seu abdômen a não acompanhar esse emagrecimento, e acabar ficando excessiva e flácida.

De maneira mais direta, a abdominoplastia é indicada para realizar uma remodelagem da região do abdômen, não sendo indicada para pessoas que desejam simplesmente emagrecer, mas sim para quem deseja retirar a pele e tecido que encontram-se em excesso.

Como é realizado o procedimento? 

De forma geral, a abdominoplastia costuma ser realizada sob efeito de anestesia geral, em hospitais preparados, entretanto existem casos onde se opta por anestesia locorregional.

O procedimento cirúrgico em si ocorre da seguinte forma:  é realizada uma incisão na parte inferior do abdômen, geralmente na altura onde se localiza a marca da roupa íntima do paciente. Então, a pele é descolada do tecido subcutâneo, para a sua retirada. Em alguns casos, é realizada também uma aproximação entre os músculos do abdômen, quando necessário. Então, é realizada a abertura e fixação do umbigo, e nesse momento é realizada a retirada do excesso de pele. Por fim, é realizado o fechamento das incisões, com o auxílio de suturas e cola cirúrgica.

Após o processo cirúrgico, o paciente permanece internado, e deve manter repouso por, no mínimo, duas semanas após a abdominoplastia. Durante alguns dias após a cirurgia, é utilizado um dreno, para que o excesso de líquidos seja eliminado, e não ocorra nenhum tipo de infecção.

Lipoescultura: qual o objetivo?

O objetivo da lipoescultura é remover gordura da região abdominal, e tornar o contorno do corpo mais desenhado. Nesse caso, a cirurgia também não é indicada como forma de emagrecimento, apenas para a retirada do tecido adiposo que não costuma ser afetado por exercícios físicos e diretas.

Como é realizado o procedimento? 

O procedimento da lipoescultura é bem mais simples do que o da abdominoplastia, pois é exponencialmente menos invasivo, e o paciente costuma receber alta no mesmo dia ou no dia posterior ao dia da realização da cirurgia.

A anestesia utilizada na lipoescultura também é geral, e inicialmente o procedimento é realizado através de uma infiltração realizada nas áreas que terão a gordura removida, com uma solução de soro fisiológico, anestésico e adrenalina. Então, cânulas são inseridas nesses locais, a fim de aspirar a gordura localizada no tecido adiposo.

Neste caso, também é necessário que a pessoa permaneça em repouso total durante cerca de duas semanas, e as cicatrizes costumam ser extremamente pequenas e imperceptíveis após algum tempo.

Qual o melhor para você?

Somente você, com o acompanhamento do seu cirurgião poderá definir qual é a melhor alternativa para o seu caso, pois é necessário analisar seu caso em específico e quais são os objetivos a serem alcançados.

Além disso, também é possível realizar os dois procedimentos ao mesmo tempo, através da lipoabdominoplastia, que retira tanto a gordura quanto os tecidos e a pele em excesso do seu corpo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *