BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Atividades físicas ao ar livre!

Por: Márcio Behenck*

 

Muitas pessoas não suportam a ideia de exercícios em ambientes fechados, outras estão cansadas da rotina dentro de academias, mas isso não é motivo pra optar pelo sedentarismo. Uma solução para esse grupo podem ser as atividades físicas ao ar livre.

 

O verão esta aí e com ele dias mais longos, o sol aparece com mais força e a vontade de ir pra rua e aproveitar o dia aumentam. Por que não usar esse clima a favor da sua saúde?

exercicios ao ar livre

Todos os dias surgem novas atividades e novos grupos de praticantes querendo sair da zona de conforto e experimentar novas sensações. Certamente alguma atividade física destas vai agradar você. Está esperando o que pra procurar a sua?!

 

Um grande ponto positivo de optar por essas modalidades ao ar livre é a autonomia de poder diversificar o local da atividade, conseguindo com isso uma maior adesão e motivação e, consequentemente maiores benefícios funcionais e estéticos para os praticantes.

 

Outro beneficio é o contato com a natureza, que por vezes fica prejudicado e esquecido diante das rotinas abarrotadas de compromissos e horas de trabalho. Com certeza esse contato aumenta a sensação de bem estar e serve como válvula de escape.

 

Algumas atividades que podem ser praticadas ao ar livre:

 

Yoga

Caminhada

Corrida

Bike

Vôlei

Patins

Circuito

Treinamento suspenso

Alongamento

Tênis

Capoeira

Kangoo Jumps

Slackline

 

Independente da atividade física escolhida, o importante é se manter ativo. O seu corpo precisa e foi feito para o movimento. Lembre-se de sempre ir ao seu médico antes de iniciar os exercícios e fazer os exames de rotina. Um profissional de educação física também vai auxiliar você na segurança e otimização dos mesmos.

A sua saúde é o bem mais importante que você tem, não espere perde-lá para se dar conta disso.

marcio

*Márcio Behenck: Educador físico – CREF 014357-G/RS

[email protected]
Fonte: Matéria publicada originalmente na Revista Eléve edição 22

Recomendados para você:

Sobre almy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *