Dhea: o que é? Benefícios e muito mais !

Os suplementos são conhecidos por emagrecer e aumentar a massa magra do nosso corpo. Os suplementos Dhea fogem um pouco dessa linha e oferecem ao seu consumidor aumento de desejo sexual, criação de músculos, melhoras na saúde e no envelhecimento.

Dhea: o que é? Benefícios e muito mais! (Foto: Divulgação)
Dhea: o que é? Benefícios e muito mais! (Foto: Divulgação)

DHEA: o que é?

Ele é um hormônio produzido pelas glândulas adrenais de nosso corpo. Esses suplementos são produzidos de soja ou inhame. Não é um suplemento muito conhecido, tanto que são poucos os efeitos conhecidos com clareza. Ele é conhecido como um antecessor dos hormônios femininos e masculinos, incluindo testosterona e estrogênio.

O seu uso pode ser considerado importante, pois não é por toda a vida que nosso corpo produz esse hormônio com intensidade. Após os 20 anos, ele atinge o seu topo de produção e após os 30, isso diminui. Essa diminuição acontece mais rápida nas mulheres do que nos homens, além de acontecerem com mais frequência em pessoas com transtornos hormonais, HIV, AIDS, Alzheimer, depressão, doenças cardíacas, diabetes, entre outros.

O DHEA normalmente costuma ser usado para tratar desequilíbrios hormonais, mas de uns tempos para cá, outros benefícios foram surgindo. Agora ele pode ser usado para tratar a perda de peso, a depressão e a osteoporose.

Dhea: o que é? Benefícios e muito mais! (Foto: Divulgação)
Dhea: o que é? Benefícios e muito mais! (Foto: Divulgação)

DHEA: benefícios

Os estudos sobre esse suplemento hormonal são poucos, o que resulta em poucas comprovações. Em consequência disso, não há nenhuma prova de que o DHEA possa ser eficaz no tratamento de insuficiência adrenal, síndrome metabólica, depressão, menopausa, câncer de mama, infertilidade, diabetes e outras doenças.

O fabricante e muitas pessoas também falam que DHEA funciona como um medicamento anti-idade e ajuda na perda de peso, isso também não é comprovado. Mesmo com todas essas “suspeitas” sobre os benefícios do suplemento, existem pesquisas e pessoas que incentivam o uso de DHEA em certas ocasiões. Abaixo citaremos alguns problemas em que esse suplemento pode ser eficaz e dessa vez, comprovadamente.

DHEA pode ser útil contra osteoporose, se consumido de forma oral. Um estudo foi realizado em 2003 e comprovou que o suplemento pode diminuir os sintomas de ansiedade e depressão em casos de esquizofrenia.

Também existem outros benefícios mais comuns relacionados ao DHEA: aumento no bom-humor e no bem-estar.

DHEA: efeitos colaterais

Pelo fato de ser um hormônio, ele deve ser consumido com cuidado e apenas em situações de prescrição médica. Ele deve ser evitado por gestantes, crianças e lactantes.

Ele possui alguns efeitos colaterais comuns, como: acne, insônia, dores abdominais, oleosidade, perda de cabelo, congestão nasal, níveis altos de colesterol, palpitações, entre outros.

Entre os efeitos colaterais menos comuns e mais perigosos estão: mudanças no ciclo menstrual, crescimento de pelos no rosto, voz grossa e aumento de seios. Esse último efeito é sentido apenas pelos homens.

DHEA: modo de usar

Você não pode e nem deve usar DHEA sem consultar um médico. Isso é necessário para que você saiba a dosagem certa e os horários. Além disso, começar a tomar e extrapolar no uso pode lhe trazer problemas sérios de saúde.

Mesmo com todas as especulações sobre esse suplemento, só use se for realmente necessário. Lembre-se que ele reage de uma forma diferente em cada pessoa.

bety

Meu nome é Bety, sou Pedagoga tenho duas paixões na vida: ler e escrever. Depois que começo a digitar não consigo mais parar, escrevo de tudo um pouco, informação nunca é de mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *