BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Micose – o que é, como evitar e como tratar!

Não são só pessoas chatas que pegam no pé, a micose também! Conheça mais sobre esse fungo e como se livrar dele.

 

Nada mais incômodo de querer usar aquela sandália aberta ou ir à praia e ficar com vergonha daquelas manchas no corpo ou aquela unha com aparência doente. Pois é, essas são as consequências da micose, fungos que surgem devido a diversos fatores como uso excessivo de sapato fechado, ou acumulo de umidade. A micose é um problema de saúde comum, e com as nossas dicas você entenderá de onde elas vêm como evitar e finalmente como trata-las. Vamos lá.

micose

 

O que é micose?

 

Micose é o nome popular dado para denominar as infecções causadas por fungos. Esses fungos podem atingir qualquer parte do corpo e recebem um nome de acordo com sua localização. Eles são encontrados em todos os ambientes, inclusive no organismo humano, mas em geral ficam localizados sobre as células mortas e por isso na maior parte do tempo não causam problemas. Porém em algumas situações os fungos penetram na pele, principalmente em regiões úmidas como couro cabeludo, dedos e virilhas e causam as infecções. Vamos conhecer as micoses mais comuns e como tratá-las.

 

Tipos de micoses, como evitar e trata-las:

 

Micose nas unhas: É desencadeada por fungos que gostam de locais úmidos e deformam a estrutura da unha, que se tornam amarelas ou esbranquiçadas, grossas, quebradiças e soltam pó. O contágio pode ser por objetos de manicure.  Como evitar? Verificar se o material de manicure é esterilizado e evitar sapatos fechados por longos períodos e sempre usar chinelos em ambientes de uso comum. Como tratar? Esmaltes de unha à base de amorolfina ou pomadas a base de antimicóticos. O tratamento pode durar de 8 meses à 1 ano.

 

Pano Branco (micose de praia): São brancas manchas brancas ou avermelhadas que surgem no tronco.  É causado por um fungo não contagioso que vive no couro cabeludo e se desenvolve em peles oleosas. É mais comum em homens. Ela não é adquirida na praia, apenas torna-se mais evidente no verão nas pessoas que já estão com a micose e se expõem ao sol. Como evitar? Não emprestar objetos pessoais e nem usar o de outras pessoas. Como tratar? Medicamentos antifúngicos com duração de 7 a 21 dias.

 

Frieira ou pé-de-atleta: São rachaduras ou placas brancas entre os dedos (geralmente dos pés) que dão muita coceira e podem descamar a região plantar. É provocada por fungos presentes em banheiros , hotéis, piscinas e saunas. Como evitar? Evite ficar descalço e opte por sapatos ventilados. Como tratar? Creme antifúngico (Cetoconazol). A duração do tratamento pode variar de semanas a meses dependendo do caso.


 

Tinha: São manchas avermelhadas, comuns em homens, que aparecem na virilha, mãos, unhas, pés e couro cabeludo. Sungas molhadas favorecem o fungo, que causa coceira e pode chegar a área genital. Pode ser transmitida por animais domésticos. Como evitar? Seque-se bem após o banho, principalmente nas dobras do corpo e entre os dedos. Como tratar? Creme antifúngico. A duração varia de caso a caso.

 

O melhor remédio continua sendo a prevenção.  Prefira tecidos de algodão, não fique com roupa molhada, opte por calçados ventilados, não empreste objetos pessoais, evite ficar descalço e tome ducha após sair do mar ou piscina. Mantenha sempre a higiene do seu corpo em dia, pois o tratamento da micose é demorado e precisa de muita persistência. E os resultados serão sempre mais eficazes se acompanhados de um médico.

Conte-nos onde e como você tratou sua micose. E deixe também sua dica para evitar esses fungos desagradáveis. Até mais.

Recomendados para você:

Sobre Jessyka

Jéssyka Saquetto é Redatora Web, estudante de jornalismo e uma aficcionada pela escrita. Além do Corpo & Estética ela vive agindo e produzindo por aí em vários outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *