Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo?

Confira como age o relaxante muscular em seu corpo e como ele pode te ajudar!

Hoje é muito comum as pessoas sofrem de dores musculares, não somente as pessoas mais velhas, mas também os jovens, devido ao estilo de vida adotado pela população, a correria e o stress contribuem para comprometer a musculatura, causando dores e contraturas. Geralmente quando isso acontece o indivíduo busca alívio em algum tipo de medicação, o mais comum entre eles são os relaxantes musculares, por causa do alívio imediato que ele proporciona.

Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)
Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)

Mas o que é um relaxante muscular, você sabe?

Relaxante muscular é um medicamento para alívio imediato de dores nos músculos. O princípio ativo mais antigo é a tubocurarina, após muitos estudos desse fármaco, foram descobertos vários derivados sintéticos. Assim que ingerido o relaxante muscular provoca a interrupção de algumas funções de nosso organismo.

Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)
Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)

Quem pode usar esse tipo de medicação?

As pessoas atualmente, tem por hábito se auto medicar, o que não é recomendado, mas acontece com frequência. Todos nós podemos usar um relaxante muscular, o ideal seria procuramos um médico para saber qual o mais indicado para cada um e, qual a maneira correta de usá-lo, pois devemos ter alguns cuidados após o uso d medicamento. Os relaxantes musculares, por exemplo, contem substancias que causam uma relaxação, fazendo com que a pessoa sinta sonolência, isso pode interferir na rotina da pessoa, principalmente nas atividades que exigem concentração, como dirigir, por exemplo, até mesmo em tarefas simples, que executamos diariamente.

Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)
Relaxante Muscular: o que é? como age no corpo? (Foto: Divulgação)

Efeitos colaterais da medicação

Os medicamentos existem para melhorar a vida das pessoas, devem ser usados sempre que necessário, mas deve ser usado com orientação e informação, pois todo medicamento possui efeito colateral. Antes de sairmos correndo até a farmácia para comprar um relaxante, temos que ter consciência dos riscos que causam a saúde, embora que diminuam a dor, alguns relaxante podem prejudicar o fígado em alguns casos, outros sintomas também podem aparecer como, secura na boca, cólicas, náuseas e vômitos, constipação e diarreia, fraqueza, fadiga muscular, entre outros.

É importante lembrar que não basta apenas ingerir o medicamento, na maioria dos casos, para tratar o problema é recomendado descanso, alongamentos fisioterapia. Devido aos efeitos colaterais que vimos, o paciente não se deve criar uma dependência com a medicação e devem usá-los de acordo com a dosagem prescrita por um médico ou especialista.

Tratamento natural

Em alguns casos de dores musculares podemos, antes de usar um medicamento, tentar algo mais natural, algumas vezes pode-se até mesmo, evitar o uso da medicação. Massagem, acupuntura e alongamentos são técnicas alternativas muito procuradas na hora de buscar alívio muscular, e o melhor de tudo, não possuem efeitos colaterais. Também podemos contar com ervas medicinais, muitas delas possuem efeito relaxante.

Como este, de folhas de louro:

Ingredientes:

1 xícara de água;

1 colher de sopa de folhas de louro;

Adoce com mel.

Como fazer:

Ferver a água, despejar sobre as folhas e manter em infusão por alguns minutos, depois, adoçar com mel e beber antes das refeições.

Gostaram das dicas pessoal? pra quem busca força muscular, sugiro lerem o artigo sobre o metadrol, que pode ajudar bastante!

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários.

bety

Meu nome é Bety, sou Pedagoga tenho duas paixões na vida: ler e escrever. Depois que começo a digitar não consigo mais parar, escrevo de tudo um pouco, informação nunca é de mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *