BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo?

Todos sabemos sobre a importância de uma alimentação saudável, e que quando consumimos Certos alimentos em demasia podemos acarretar danos ao nosso organismo. Hoje falaremos um pouco sobre os triglicerídeos. Como essa gordura pode prejudicar nossa saúde.

Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)
Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)

O que são Triglicerídeos?

O triglicerídeo encontra-se na maior parte dos alimentos que contém carboidratos e gordura saturada. Essa gordura também pode ser produzida pelo fígado. Precisamos deles, pois eles fornecem a energia necessária para podermos executar nossas tarefas diária. Só que temos que ter muita cautela com as quantidades ingeridas, em excesso essa gordura é armazenada e transforma-se nos indesejáveis pneuzinhos.

Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)
Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)

Triglicerídeos – Como atuam no corpo?

Quando há excesso de triglicerídeos em nosso organismo, ocorre a hipertrigliceridemia. Ao consumirmos certos alimentos como doces, massas, pães, em grandes quantidades, nosso fígado armazenará os açucares que contém nesses alimentos, transformando-os em triglicerídeos.

Os triglicerídeos ficara estocado no tecido adiposo, como reserva, para quando precisarmos. Quando fazemos jejuns prolongados, nosso organismo utiliza essa gordura como fonte de energia. Mas muito cuidado, triglicerídeos em excesso acarreta doenças cardiovasculares.

Cuidados que se devem ter com os níveis de triglicerídeos?

Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)
Triglicerídeos: o que são? Como atuam no corpo? (Foto: Divulgação)

Recomenda-se medir os níveis de triglicerídeos e colesterol presentes no sangue 1 vez a cada 5 anos. A idade recomendada para iniciar essa análise sanguínea é acima dos 20 anos.

Os níveis de triglicerídeos detectados no sangue é classificado   da seguinte maneira:

Normal – abaixo de 150 mg/dL.

Moderado – entre 150 e 199 mg/dL.

Alto – entre 200 e 499 mg/dL.

Muito alto – maior ou igual a 500 mg/dL.

Fatores que aumentam os triglicerídeos

Há vários fatores que contribuem para o aumento do triglicerídeos, como a pré disposição genética, uma alimentação hipercalórica, gravidez, consumo excessivo de álcool e algumas doenças também podem elevar os níveis de triglicerídeos no sangue. Vejamos algumas delas.


Obesidade

Diabetes Mellitus

Insuficiência Renal crônica

Síndrome Nefrótica

Esteatose Hepática (depósito de gordura no fígado)

Alguns medicamentos (quando usados regularmente), também podem ser responsáveis pelo aumento da taxa de triglicerídeo.  Os mais frequentes são:

Tamoxifeno

Corticoides

Betabloqueadores (propranolol, atenolol, carvedilol, bisopropolol, metoprolol…)

Diuréticos

Anticoncepcionais

Ciclosporina

Isotretinoína- Roacutan

Antirretrovirais

Indivíduos com triglicerídeos elevado recomenda-se uma dieta com restrição de algumas alimentos, como:

Bebidas que contenham grandes quantidade de açúcar, (bebidas álcoolicas, refrigerantes, etc)

Doces, pães, biscoitos, massas, pizzas, batatas, sorvetes.

Frozen yogurt, torta, bolos, leite integral, frituras, queijos gordurosos.

Prefira alimentos ricos em fibras

Como por exemplo:

Peixes

Leite desnatado

Pães, biscoitos, arroz e massas, opte pela versão integral. Alimentos ricos em gordura insaturada e pobre em gorduras saturadas.

A hipertrigliceridemia não apresenta sintomas, para sabermos se estamos com níveis de triglicerídeos elevados temos que fazer a análise sanguínea.

Pacientes com triglicerídeos com valores acima de 500mg/dL, podem apresentar depósitos subcutâneos de colesterol, formação de nódulos ou placas amareladas, que ocorrem frequentemente nas palmas, ao redor dos olhos, nos pés ou nas articulações. Esses nódulos ou placas amareladas são conhecidos como xantomas. Valores dos triglicerídeos acima de 1000mg/dL, pode causar pancreatite aguda  Caso você apresente níveis de triglicerídeos elevados, consulte um médico especializado, ele saberá qual o melhor tratamento a ser seguido. É comum o paciente além de apresentar hipertrigliceridemia também ter níveis elevados de colesterol.

Mudança de hábitos é sempre a escolha mais eficaz, uma dieta balanceado e a pratica regular de atividade física contribui para uma melhora de todo organismo.

Até a próxima!

Recomendados para você:

Sobre bety

Meu nome é Bety, sou Pedagoga tenho duas paixões na vida: ler e escrever. Depois que começo a digitar não consigo mais parar, escrevo de tudo um pouco, informação nunca é de mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *